quinta-feira, 7 de dezembro de 2006

...

















O pôr do sol nem sempre é triste.
Mas é a altura em repousamos de um dia inteiro de emoções...
O corpo liberta a fadiga de um dia...
Os olhos contemplam a paisagem...
O cérebro sonha com o infinito...
O coração apela à liberdade...
Queremos ganhar asas e voar para um lugar que nos aqueça o coração.
Tenho o coração quentinho...este pôr do sol fez-me voar.

3 comentários:

rui-son disse...

A mim o por do Sol aquece e reconforta. É uma altura do dia que gosto muito, é muito calmante.

Mónica disse...

sortuda :-)

Patrícia Belchior disse...

Tb acho q vou sendo sortuda...não sou sempre...mas vou sendo:)