terça-feira, 21 de março de 2006

"Adeus Pai..."

Passou mais um dia 19 de Março..."Adeus Pai..."

É aquele dia em que os filhos recompensam os pais, e os pais recompensam os nossos avós...
Os mais pequenos fazem aquelas "obras de arte" na escola, com pinturas dos seus dedos, as suas impressões digitais herdadas de quem?
Mas há coisa mais cruel para quem não tem alguém a quem oferecer o belo presente do que estar ali a fazê-lo, pintá-lo, decorá-lo, embrulha-lo...para depois: NADA.
Levar para casa, chorar, ou então oferecer a outra pessoa, que por muito q mereça não foi dele q herdamos as impressões digitais.
Foi num dia do Pai que o nosso contacto se perdeu...
Foi num dia do Pai que outro "Pai" se ganhou...consegui finalmente ultrapassar a tua barreira...
Desculpa se isso te poderá magoar...
Só tenho pena de nunca te ter dado todas aquelas prendas que fiz...
Só tenho pena de nunca te ter dado aqueles postais...
Só tenho pena de nunca te ter chamado Pai as vezes que quis...
Só tenho pena de nunca ter tido o teu colo...
só tenhho pena de nunca ter tido o teu ombro...
Mas fico feliz porque quando precisaste eu dei-te o meu ombro, o meu colo, o meu amor e chamei-te Pai...

1 comentário:

sem cantigas disse...

"só tenhho pena de nunca..."
corrige lá o erro, ou já não vais a tempo?

:-)