terça-feira, 14 de março de 2006

Seremos todos capazes de lá chegar?

O alto da montanha é sempre o objectivo, independentemente da altura...
Seremos todos capazes de lá chegar?
Todos temos as mesmas capacidades?

Ou estas estão distrubuídas de forma equitativa para que haja equilibrio no Mundo?
(Se todos chegarem ao cimo da montanha este ficará super povoado. Enquanto que o resto ficará vazio e sem vida.)
Mas também como sabemos que já chegamos ao cimo da montanha?
Haverá um sentimento de plenitude, um sentimento de realização pessoal, bem estar e orgulho nunca antes sentido?

(Ou talvez para cada um existe um ponto na montanha ao qual chegamos e aí permanecemos...sendo este o nosso cimo e no qual ficamos, e no qual nos sentimos realizados.
Para aqueles que acham que existe sempre um ponto mais alto, e tentam sempre alcançar o cimo, os caminhos vão sendo trilhados com cansaço, desiluões e suores.)
Será que algum dia chegaremos ao cimo?
Será que reconheceremos o “nosso cimo”?

1 comentário:

leo disse...

existe um "cimo da montanha" para todos, ou pelo menos também o acho, e acredito que o nosso cimo da montanha é a nossa razão de existir. muitas vezes achamos que este cimo é quando atingimos a felicidade plena, o sucesso profissional ou pessoal... até quem sabe um euromilhões! (que bem jeito dava não é? ;) )
eu acho que este "cimo da montanha" existe quando cumprimos o nosso "papel", seja ele qual for. nunca te aconteceu conheceres alguém num sitio estranho, em circunstancias estranhas e em segundos te diz qualquer coisa que te ajuda a chegar a uma resposta sobre um problema que te anda a moer o juizo? é verdade... é um constante paradoxo, porque todos nos ensinamos todos os dias. todos os dias entramos na vida de alguém para lhes darmos respostas ou para lhes darmos pistas sobre um caminho a percorrer, mas ao mesmo tempo estas mesmas pessoas entram na nossa vida e ajudam-nos a evoluir nesta montanha que é a vida.
espero ver-te percorrer bem até ao cimo da montanha e estar la para ver e disfrutar contigo essa felicidade (nem que seja de bengala, toda pendurada estilo uva passa, com os postiços a saltarem em cada espirro e as mamas todas caídas!!! lol).

bj grande ranhosinhaaaaaa ;)