quinta-feira, 17 de agosto de 2006

...


Adoro perder-me nesta imagem. Fico a olhar enquanto oiço uma música que me leva daqui para um ali distante.
Este azul que nos enche a vista, e esta música que nos enche o coração. Uma música que ocupa todo o espaço, que não deixa mais nada entrar. Que nos faz doer o peito e tira a respiração.
Há dias assim, que mesmo aqui, estamos ali...




E nestes dias tudo parece um filme. Vejo as pessoas a andar, a sorrir e até a chorar e parece que não estou ao lado delas. Vejo do lado de fora, como quem vê um filme sentado confortavelmente na sua sala. Vejo como quem lê um livro, sentado num jardim, e imagina as personagens.

Perdi-me neste azul, nestas estrelas...
Perdi-me mais uma vez...e do lado errado do coração

(Le Petit Prince e Sigur Ros uma estranha mistura que nos enche os olhos e alma.)

3 comentários:

Mónica disse...

lá tá ela :-))))

rui-son disse...

Ver passar tudo ao nosso lado, sentir que estamos ali sentados no nosso planeta a olhar cá para baixo a ver os outros. Perdermo-nos no azul e sentir que não estamos aqui. Querer agarrar uma estrela cadente para que nos leve de volta para ali, ou aquii, ou sei lá onde... para o sitio onde queremos estar.

Patrícia Belchior disse...

Um estrela cadente! Que boa ideia!
Um meio de transporte ecológico e tudo:)